Nosso trabalho

© Joao Caldas Fº

Para potencializar o trabalho artístico e pedagógico com crianças e jovens, a metodologia da Casa do Teatro baseia-se na utilização de recursos expressivos, englobando, além do fazer teatral, conteúdos relacionados ao circo, música, dança, teatro de formas animadas, artes plásticas, cinema.

As turmas configuram-se por faixa etária com aulas uma vez por semana. As atividades contemplam características e habilidades individuais em coletivo e são desenvolvidas em um ambiente em que as ideias de cada um são acolhidas e reveladas por meio da arte. A Casa do Teatro valoriza a criatividade, a expressão, o livre pensar, o espírito crítico, a sociabilidade e a autonomia dos alunos.

Na Casa do Teatro, o desenvolvimento das ações artísticas com crianças permeia o jogo dramático, os desafios e a brincadeira por sua relação fundamental com o imaginário, abrindo possibilidades de novos modos e ressignificação de entendimento do mundo e das relações.

Com os jovens, as atividades verticalizam aprofundamentos estéticos e são exploradas para o desenvolvimento de ideias e sua expressão cênica, de forma crítica e criativa.

Ao final de cada ano, os alunos participam da montagem de uma peça, fruto da integração entre o grupo e a equipe da Casa do Teatro que tem como objetivo estimular as crianças e os jovens a criar a partir de sua própria experiência. A montagem, inspirada em textos clássicos, contemporâneos ou em criações coletivas, complementa o percurso artístico e é mais uma etapa do processo desenvolvido em que crianças e jovens podem comunicar ideias e atitudes de forma criativa.

Ao longo de sua história, mais de mil peças já foram encenadas. Criações coletivas unem-se às adaptações e livres inspirações de autores clássicos, como Shakespeare, Molière, Brecht, Gógol, Tchékhov; poetas como Fernando Pessoa, Manoel de Barros; autores brasileiros, Maria Clara Machado, Jorge Amado, Guimarães Rosa, Eva Funari, Suassuna, Dias Gomes, Chico de Assis, Ruth Rocha, Tatiana Belinky.